Digite CPF sem traço e ponto.
Digite CPF sem traço e ponto.
1º Digite CPF sem traço e ponto, 2º Digite senha antiga, 3º Digite senha nova

NOTÍCIA

  
Eventos - 21/09/2016

Especialistas iniciam debates sobre a Previdência Social

Propostas inclusivas serão estruturadas a fim de rebater reforma do governo

   
Especialistas iniciam debates sobre a Previdência Social

Um encontro histórico acontece na ANFIP nesta quarta-feira (21), oportunidade em que os principais especialistas em Previdência Social do país se reúnem para definir propostas que devem contribuir para o debate do aperfeiçoamento do seguro social brasileiro.  “Ambicionamos fazer um trabalho extremamente construtivo e propositivo à matéria que é a pauta do Brasil no momento”, disse o presidente da ANFIP, Vilson Antonio Romero, na abertura da reunião. Também fizeram suas considerações iniciais a presidente da Fundação ANFIP, Maria Inez Maranhão, e a professora de economia da UFRJ Denise Gentil, que coordena os trabalhos juntamente com o vice-presidente de Assuntos da Seguridade Social, Décio Bruno Lopes, e o professor de economia da Unicamp Eduardo Fagnani.

Vilson Romero ressaltou que a ANFIP se sente honrada em propiciar o início deste debate. “Nosso objetivo é contribuir com um arcabouço de propostas de inclusão social. Temos essencialmente em nosso DNA a Previdência Social. Surgimos a partir dos institutos previdenciários. Desde então colaboramos com estudos sobre o assunto”, explicou o presidente. Análise semelhante foi feita pela presidente da Fundação ANFIP. Para Maria Inez, a intenção é unificar conhecimentos de todos os especialistas envolvidos. “Satisfação por vocês estarem aqui. Um trabalho que vai dar resultados para todos os cidadãos”, destacou.

A professora Denise Gentil reforçou que é necessário, além de unificar o debate, compartilhar conhecimento. “Este é um trabalho necessário e urgente. Este dia é um marco. Eu olho para esta mesa e sinto orgulho. Os retrocessos que estão por vir podem ser gigantescos e contar com todos aqui é uma honra”, agradeceu a professora. Segundo ela, o grupo vai elaborar uma proposta que inclua aqueles que ainda estão fora do sistema de cobertura previdenciária. “Vamos enfrentar o processo de reforma que o governo quer propor. Uma reforma de retrocesso. E vamos nos posicionar em relação a cada ponto. É um trabalho de luta, de posicionamento”, explicou.

Para o representante da Organização Ibero-Americana de Seguridade Social, Baldur Schubert, este trabalho é muito importante, especialmente por ser em um momento crucial. “É muito importante que a sociedade entenda a real situação política e econômica”, disse, ao argumentar que os estudos elaborados vão contribuir para a sustentabilidade da Previdência.

Para o diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, o trabalho que está sendo realizado vai servir de instrumento de apoio para todos os movimentos sindicais e sociais. “A iniciativa da ANFIP veio ao encontro de uma busca de articulação”, frisou. Para ele, a partir destes encontros serão produzidos subsídios que poderão intervir numa agenda de curto prazo. “A gente espera que essa questão ganhe mais densidade. Partimos do pressuposto de que esse debate não vai se encerrar. Vamos continuar com uma agenda daqui para frente. Temos que ter capacidade de esclarecer para a sociedade a importância da questão”, falou o economista.

O grupo, integrado ainda por Guilherme Delgado, Paulo Kliass, André Calixtre, Rodrigo Octávio Orair, Ana Cleusa Mesquista, Andrea Barreto de Paiva, todos do IPEA; Flávio Tonelli, da Câmara dos Deputados; Clovis Scherer, Antonio Ibarra e Maria de Fátima Guerra, do Dieese; Eliani Araújo; e Rosa Maria Marques, da PUC-SP, continua reunido ao longo do dia. Este é o primeiro de uma série de encontros presenciais, que serão permeados por trabalhos remotos, com a participação de todos. 

Album da notícia